Fotos: Wagmar Alves

Curso de Enfermagem acolhe estudantes do Internato 2

Os hospitais de alta complexidade de Goiânia recebem, neste semestre, os estudantes do 10º período do curso de Enfermagem da PUC Goiás, para a prática do Internato 2. Essa é uma etapa decisiva para os 100 formandos e formandas do curso, que encerram os estudos na graduação em dezembro deste ano e, por meio do estágio, colocarão os conhecimentos adquiridos em prática.

Além de receber informações e tirar dúvidas sobre o estágio, os estudantes foram acolhidos na manhã desta quinta-feira, 12, nas salas multiuso, pela coordenadora do curso, Vanusa Claudete Usier Leite, que deixou aos formandos palavras de incentivo, com direito a um presente simbólico, já que o momento pandêmico não permite confraternizações: um chocolate, com uma etiqueta personalizada da turma.

“É um momento muito gratificante, fizemos questão de vir e trazer um mimo pra eles, porque estão sem vir à universidade desde março de 2020, quando continuaram os estudos no modo remoto, somente com laboratórios presenciais”, explicou a docente.

Por estarem na última etapa do processo formativo, os estudantes do Internato 2 já vão a campo e não retornam mais à universidade para cursar disciplinas, exceto para orientações de TCC.

Dos 100 estudantes, mais de 60 já receberam propostas de trabalho e solicitaram a colação grau antecipada. As instituições de ensino superior podem dar as certificações desde que o  estudante tenha cumprido o mínimo de 75% da carga horária dos estágios curriculares obrigatórios.

Juntamente com os professores supervisores, os concluintes estarão atuando no Hospitais do Coração, Neurológico, Samaritano, Santa Helena, Santa Mônica, Santa Casa de Misericórdia, Centro de Reabilitação Henrique Santillo (CRER) e Anis Rassi.

Na próxima semana, será a vez dos estudantes do Internato 1 receberem um momento formativo, antes de partirem para o campo de estágio.

Atuação na pandemia

A turma mencionada ingressou na universidade no primeiro semestre de 2017 e se destaca pela dedicação e pró-atividade. Foi de iniciativa dos estudantes um documentário que resgata a história do curso de Enfermagem da universidade, apresentado pelo estudante Diego André Castilho Azevedo, 32 anos.

Ele é egresso do curso de Jornalismo da PUC e, agora, caminha para concluir a segunda graduação na casa. Durante os últimos cinco anos, ele conciliou os estudos com o trabalho na área de Comunicação e, neste semestre, se dedicará 100% à Enfermagem. Foi preciso esforço e dedicação, para participar de atividades extracurriculares, fato que para ele foi possível, já que a grade do curso não é oferecida em tempo integral. Em breve, ele iniciará o internato no Hospital Anis Rassi e está animado para a nova experiência.

“Fiquei muito feliz, é um hospital de referência em Goiânia, que tem uma parceria de muitos anos com a PUC e muitos alunos têm sido contratados fazendo estágio lá. Tomando todos os cuidados necessários neste tempo de pandemia, é possível fazer um excelente trabalho. É um momento que todos precisam de mão de obra”, declarou.

Diego pretende atuar nas áreas de urgência, emergência e atendimento pré-hospitalar, depois de formado. Certamente, sua formação e experiência na área da Comunicação poderão contribuir e, muito, para o novo ciclo da sua vida, que começa a partir de agora.

Leia Mais
Solte o sorriso, a PUC Goiás te espera!