Curso de Direito se destaca pela aprovação no Exame da Ordem (OAB)

Laura França Silva se formou no começo deste ano, mas já tinha passado na prova do Exame da Ordem um semestre antes. O mesmo aconteceu com Iury Felipe, que fez a prova no 9º período do curso e recebeu a aprovação no último período. Os dois têm em comum, além da aprovação no concorrido Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do curso do Direito, o fato de terem estudado na PUC Goiás.

Com um dos mais tradicionais cursos da região Centro-Oeste e 60 anos de tradição, a PUC Goiás foi destaque na pesquisa Exame da Ordem em Números, do Conselho Federal da OAB em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O resultado da quarta edição da publicação, divulgado na última semana, coloca o curso de Direito da universidade na 6ª posição no ranking nacional com maior número de estudantes aprovados no exame da ordem, com 25,7%. Foram 890 aprovados nos exames XXVII, XXVII E XXIX.

Aprovada na primeira vez que tentou o exame da OAB, antes mesmo de concluir o curso, a agora advogada Laura França Silva passou na primeira fase quando estava no 9º período e, na segunda, no último semestre do curso, no ano passado. “Foi um objetivo conquistado antes de concluir a graduação. Só tenho que agradecer a essa instituição que me proporcionou isso”, conta ela, que trabalha como assistente jurídica em um escritório de Goiânia. No curso, um dos diferenciais apontados por Laura foi o trabalho como monitora. Só no ano passado, a universidade tinha cerca de 1000 monitores, que auxiliam em sala de aula o processo de aprendizagem.

Iury Felipe Rodrigues foi bolsista na PUC Goiás e concluiu com sucesso o curso. Pra ele, o resultado reconhece o trabalho dos docentes e dos colegas de graduação. O advogado espera que a colocação seja motivação para a instituição melhorar ainda mais as metodologias usadas atualmente no curso.

O curso da PUC também está na lista das 100 primeiras IES Privadas, de acordo com a taxa de aprovação média, com mais de 100 inscritos, nas três últimas edições do Exame da Ordem Unificado, ocupando a posição 73. De acordo com a diretora da Escola de Direito e Relações Internacionais, Ana Flávia Mori, esse resultado é fruto de um somatório de esforços. “É um reconhecimento ao colegiado de professores do curso de Direito, que vem ministrando aulas com excelência ao longo dos anos e a dedicação dos nossos estudantes”, afirmou ao saber o resultado.

O Exame da Ordem é realizado anualmente, em alguns municípios até três vezes, em duas fases. Para passar é preciso completar no mínimo 50% da primeira prova e nota maior que seis. O curso de Direito da PUC tem 60 anos.

O CURSO

Ligado à Escola de Direito e Relações Internacionais, o curso de bacharelado em Direito tem duração de cinco anos. Pela alta demanda, são ofertadas, nos turnos matutino, vespertino e noturno, mais de 900 vagas.

Na PUC Goiás, o curso é estruturado em três eixos formativos: de formação fundamental, de formação profissional e de formação prática. O que significa na prática que, durante os cinco anos de graduação, o acadêmico passa por disciplinas teóricas e reflexivas como filosofia jurídica, antropologia, psicologia, economia política, história do direito, comunicação jurídica, mas também por disciplinas como o Direito Empresarial, Direito Civil, Direito Internacional entre outros.

Como diferencial, o estudante tem oportunidades que somente universidades de excelência poderiam oferecer: convênios com universidades internacionais, grandes eventos de contato com a área, além de várias opções de prática profissional, com Núcleos de Prática Jurídica (NPJ), atuação em eventos de atendimento direto à comunidade, e importantes estágios em instituições públicas parceiras.

Leia Mais
Guia reconhece qualidade dos cursos da PUC Goiás