SOU PUC: oportunidades para quem está em uma grande universidade

Entrando agora na graduação, talvez você ainda não tenha a exata dimensão de que seu curso de graduação não será feito apenas de aulas. Por estar iniciando seu curso em uma universidade, você terá acesso a uma série de atividades que te auxiliarão na sua formação integral. Isso, claro, se estende ao regime remoto em que estamos inseridos neste segundo semestre de 2020.

Separamos aqui algumas atividades que você poderá desenvolver dentro da PUC Goiás se quiser, mesmo que inicialmente de forma remota. Vamos lá?

Iniciação Científica

Todo ano, o setor da universidade responsável pelas pesquisas científicas abre vagas para que estudantes de graduação tenham a oportunidade de ingressar em pesquisas de professores doutores. Isso serve para que o estudante que tem o desejo de seguir carreira acadêmica ou que queira entender melhor os métodos e percursos científicos possa ter esse conhecimento iniciado para aplicá-lo depois.

O nome desse processo é Iniciação Científica (IC) e a seleção ocorre com vagas para bolsistas e voluntários no começo de cada ano letivo, com a organização da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

Apesar do nome dar a ideia de um processo de iniciação para cientistas, a IC pode ser muito útil para uma formação mais avançada de profissionais que atuam em áreas tecnológicas ou que exijam conhecimento em pesquisas aplicadas: como inteligência de mercado, sociologia, antropologia, saúde, gestão estratégica, jornalismo de dados, análise de mercado etc.

Monitoria

Se você tem interesse em desenvolver a habilidade de repassar conhecimento e ensinar, ser monitor de alguma disciplina pode ser uma boa opção. Na universidade, as seleções podem ocorrer semestralmente. Vale consultar a coordenação do seu curso para saber quando novas vagas estarão abertas e para quais disciplinas.

É o tipo de atividade, com ou sem bolsa, que pode ajudar futuros professores, mentores e gestores. No primeiro semestre de 2020, a PUC contou com 571 monitores atuando remotamente no auxílio aos colegas.

Estágio

Existem dois tipos de estágios para estudantes de graduação: o obrigatório e o não-obrigatório. O primeiro tipo, exigido em alguns cursos, é acompanhado por um professor da universidade em uma ou mais disciplinas de supervisão – onde você desenvolverá um projeto ligado ao seu campo de estágio e apresentará ao docente e aos seus colegas. Já o estágio não-obrigatório é aquele em que você trabalha para alguma organização conveniada à universidade ou aos órgãos de regulação (IEL, CIEE etc.).

Eles podem ser remunerados ou não remunerados e, em alguns cursos, só podem ser feitos a partir de determinado ponto do curso. Consulte a coordenação do seu curso de graduação para saber quais as regras e quais oportunidades na sua área.

Voluntariado

Uma grande vantagem de estudar em uma universidade já bem desenvolvida é poder atuar como voluntário em projetos de extensão. Voltados para o atendimento gratuito da população carente de serviços, recursos ou oportunidades, esses projetos estão espalhados pela cidade e levam os conhecimentos da universidade para servir quem mais precisa.

O (a) estudante que participa como voluntário em um projeto de extensão tem, além de uma formação humanística mais completa, diversas vantagens em processos seletivos de grandes empresas. Isso porque o trabalho voluntário é visto com bons olhos por recrutadores brasileiros e internacionais. Para além disso, porém, é uma ótima oportunidade de conseguir desenvolver habilidades e conseguir experiência antes de iniciar um estágio, por exemplo.

A seleção de voluntários costuma ocorrer no início de cada ano letivo. A participação rende certificação por semestre e o estudante pode alternar entre projetos, conforme seu objetivo formativo.

Cursos livres

Na PUC Goiás, o estudante não precisa aguardar se formar para começar a complementar sua formação. A universidade realiza continuamente cursos de livre formação, também conhecidos como cursos de extensão. Por serem mais curtos, eles são ideais para quem deseja se atualizar profissionalmente e desenvolver habilidades em um período menor. Confira a lista de cursos clicando aqui.

Incubação

Tem uma grande ideia e acredita que isso pode se tornar um negócio? Aqui na PUC Goiás, levamos a inovação e a tecnologia para negócios de uma forma muito séria. Por isso, temos nossa Incubadora de Empresas, uma área da universidade que acolhe e capacita empreendedores natos com boas ideias até que seus negócios tenham força de sobra para dominar o mundo. Gostou da ideia? Então dá uma olhada no instagram deles aqui.

Resolveu fazer mais do que só participar da sala de aula (mesmo que seja no Teams)? Então tira print/foto e marca a gente nas redes! Nossa hashtag oficial é a #soupuc.

Leia Mais
Mecatrônica: a engenharia do futuro, agora