Universidade, centro universitário, faculdade… é tudo a mesma coisa?

Você já parou pra pensar se faz diferença estudar em uma universidade ou em uma faculdade? É bem comum os dois termos serem usados como sinônimos por estudantes mas, na prática, esses dois tipos de instituições de ensino superior são bem diferentes. Hoje o PUC VC vai te explicar o porquê!

A primeira diferença é na dimensão espacial: enquanto faculdades podem ser pequenas e especializadas, oferecendo poucos cursos em algumas áreas, as universidades são sempre compostas em câmpus (ou campi, em latim) universitários, com suas escolas, institutos ou faculdades e cursos de graduação e pós-graduação.

Ciência como prioridade

A pós-graduação, aliás, é um grande destaque nas universidades. Legalmente, uma universidade só pode ser considerada como tal se possuir ao menos quatro programas de pós-graduação stricto sensu, ou seja, que tenham cursos de mestrado e/ou doutorado. Em geral, as universidades passam com facilidade desse número. A PUC Goiás mesmo possui 11 programas de pós-graduação e cursos de especialização, mestrado e doutorado, além de estágio pós-doutoral. Isso significa que, ao escolher estudar em uma universidade como a PUC, você terá mais oportunidades de participar de projeto de pesquisa, a partir da Iniciação Científica (IC), e continuar sua formação acadêmica e profissional, se quiser.

Para além do espaço físico

Outras exigências para universidades são a maior quantidade de professores mestres, doutores e pós-doutores e a forte presença da extensão, já que o tripé que caracteriza a universidade é conhecido como ensino-pesquisa-extensão.

E as faculdades em meio a tudo isso? Bom, para faculdades, as exigências são menores, até porque este tipo de instituição de ensino é a que existe em maior quantidade. As faculdades geralmente são focadas e especializadas em áreas do ensino, não oferecem obrigatoriamente opções de extensão e pesquisa científica e não têm autonomia para a criação de cursos de graduação. O corpo de professores de faculdades também pode ser bem diferente: a exigência é que os professores tenham especialização.

26 cursos de graduação fazem parte do Vestibular Social, que oferece bolsas de 50% na mensalidade até o final do curso. E é do seu jeito: faça prova ou use sua nota do Enem.

Um meio termo entre uma universidade e uma faculdade é o centro universitário. Essas instituições estão reguladas sob mais critérios que as faculdades, mas menos exigências que a universidade. Costumam ser instituições em transição.

Em resumo

Embora faculdades, centros universitários e universidades ofereçam cursos de graduação e preparem seus alunos para o mercado de trabalho, são grandes as diferenças entre essas instituições. Em uma universidade, além de conviver com a diversidade de cursos e pessoas, você terá complementos para a sua formação, como atividades de pesquisa, extensão e intercâmbios. Poderá, também, continuar se formando ao fim da graduação, em especializações, mestrados, doutorados e até pós-doutorados.

Uma vez dentro da PUC, você não vai mais dizer “na minha faculdade…”, né?

Leia Mais
Fisioterapia obstétrica: técnica para tornar possível o parto natural