Empresas que doam bolsas de estudo podem contar com incentivo fiscal

Última atualização:

Nem todo mundo sabe, mas além das bolsas de estudo governamentais, como o Prouni, ou institucionais, como o Vestibular Social, a PUC Goiás oferece ainda a oportunidade de empresas oferecerem bolsas para acadêmicos da universidade.

A doação de bolsa total ou parcial pode ser proposta por qualquer empresa que, em contrapartida, conta com o abatimento no Imposto de Renda, seguindo o que determina a Lei 9.249 de 26 de dezembro de 1995. Para isso, a universidade emite mensalmente, após o acordo, as notas fiscais em nome da empresa, para a devida comprovação.

Pessoas jurídicas sob o regime de Lucro Real podem abater o valor das parcelas no Imposto de Renda a partir das doações de bolsas para um ou mais estudantes. Já as demais empresas (Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Arbitrado) não podem abater o valor das parcelas, mas podem fazer a doação na condição de patrocínio para um ou mais estudantes.

Além de contribuir para a formação e transformação social de seus funcionários e de outras pessoas da comunidade, grande parte das empresas abertas hoje em Goiás pode contar, como vimos, com o incentivo fiscal. No país, o processo já é amplamente difundido e facilitado.

Para saber mais sobre os acordos para doação de bolsas de estudo ou patrocínio de estudantes ligue na seção de Devoluções Financeiras da nossa Divisão Financeira, nos telefones (62) 3946-1636/1637.

Leia Mais
A um passo da pesquisa