Prédios e espaços da PUC Goiás fazem parte da história de Goiânia e são referências estética e arquitetônica para comunidade

Situados em diferentes bairros de Goiânia, os câmpus da PUC Goiás são referência na vida de milhares de pessoas, entre estudantes, egressos, funcionários e professores. Gente que sobe e desce escadarias, atravessa praças e até a cidade para cumprir sua missão: estudar ou trabalhar. Também são pontos de encontro de quem já participou da vida acadêmica e hoje segue adiante em outros caminhos. E tem as portas abertas para visitas da comunidade e daqueles que ainda vão fazer parte da história da universidade.

São espaços belos e diferentes, que atraem os olhares e a curiosidade de quem passa por eles. Na primeira edição do PUC VC de 2016, vamos mostrar uma lista de locais especiais, que são o destino de muitas pessoas, e guardam beleza, pioneirismo e muita história. Pedimos para quem frequenta a universidade indicação dos seus lugares preferidos na instituição e formamos uma lista para quem quer conhecer melhor a PUC Goiás.

Entre eles, o Memorial do Cerrado, situado no Câmpus II da instituição, que foi eleito o lugar mais bonito da cidade em 2008, e o Centro de Convenções PUC, que abriu oficialmente as portas este ano e terá o maior teatro da capital. Muita além das salas de aula e dos laboratórios, a PUC Goiás mostra porque é uma cidade com infraestrutura e estética acolhedora e preparada para receber diariamente mais de 30 mil pessoas.

Centro de Convenções PUC

centro

Com área total de 73 mil metros quadrados, dos quais 30 mil de área construída, o Centro de Convenções PUC é um complexo voltado para eventos científicos e culturais com grandes vitrais e detalhes em cimento queimado. Do local é possível observar a natureza exuberante do Câmpus II. Nele está o maior teatros de Goiás com capacidade para 2,6 mil pessoas e infraestrutura de padrão internacional.

“É uma bela estrutura, grandiosa, que chama atenção pela qualidade e atende a grandes eventos com conforto e segurança. O local é uma fábrica de conhecimento”.
Coronel Carlos Helbingen Júnior, comandante geral do Corpo dos Bombeiros

Complexo Esportivo

WA2_8788

Quadras cobertas, ginásio, piscinas, quadra de tênis e pista de atletismo são os espaços que integram o Complexo Poliesportivo da PUC Goiás. Além de ambiente para as aulas do curso de Educação Física, o local também é o cenário de grandes competições e reúne arquitetura planejada e natureza, em um espaço regado à sol e muita alegria.
“É o meu espaço favorito na universidade. Lugar de encontro e muita aprendizagem, além de gente bacana”.
Jefferson Rodrigo Barros Ferreira, aluno de Educação Física

Memorial do Cerrado

WA2_7538

Espaço cultural e ambiental, o Memorial do Cerrado apresenta as origens do estado em estruturas planejadas e ricas em detalhes. Na entrada do complexo, o lago margeia a vista de quem chega. Depois é possível conhecer o Museu da História Natural, a Vila Cenográfica de Santa Luzia, a Aldeia Indígena e o Quilombo, que reúnem história, conhecimento e tradição. A cada passeio, uma nova descoberta: réplicas e instrumentos do passado trazem sempre boas memórias. E ainda é possível encarar uma trilha ecológica no meio do Cerrado com mais de 2 quilômetros.
“Natureza e história juntas. Só conheci o lugar depois de começar a estudar na PUC, mas indico para pessoas de todas as idades. A beleza é singular”.
Laura D’Assunção, aluna de Psicologia

Paróquia Universitária São João Evangelista

ParoquiaUniversitariadivulgaprogramaçao

Inaugurada em 2008, a cúpula da igreja pode ser vista de longe por quem passa na Praça Universitária. É cenário de celebrações da universidade e da comunidade. Inspirada nas catacumbas cristãs, o acabamento e a ambientação litúrgica da igreja contemplam revestimento acústico, peças litúrgicas e obras de arte sacra, como a Via Sacra, São João Evangelista e a representação da passagem bíblica da Transfiguração de Cristo no Monte das Oliveiras, em afresco e mosaicos.
“A arquitetura é lindíssima e a iluminação nos encantou. O altar também é um charme”.
Jackeline Ozório, egressa do curso de Design e empresária

Pátio do Câmpus V

WA2_6379

Rodeado pelo prédio de cinco andares e tendo como cobertura o céu de Goiânia, o pátio do Câmpus V é lugar de encontro e partilha. Bancos e jardins integram o espaço moderno e arejado, onde os alunos passam o intervalo das aulas.
“Eu gosto muito do bobódromo. É um local democrático e de descontração. Eu gosto de lá porque todos os alunos podem interagir entre si. É um espaço onde, por exemplo, posso sentar ao lado de uma estudante de outro curso, período e puxar um papo”.
Elisa Cardoso, aluna do curso de Jornalismo

 

DICAS ESPECIAIS PUC VC

Museu PUC

Paineis interativos, arquitetura moderna e muitas memórias importantes. Assim é o Museu PUC, inaugurado em 2014, que conta a história da primeira universidade do Centro-Oeste. Uma das atrações é um dispositivo que permite a quem passa pelo Museu PUC tirar uma foto, postada imediatamente no Instragram.

Capela São José

O cobogó em frente à Capela São José, no prédio da Escola de Formação de Professores e Humanidades, é apenas um dos detalhes encantadores do espaço religioso. No local é possível conferir o conjunto de painéis em madeira assinado pelo artista plástico Tai Hsuan-An. Os cinco painéis mostram diferentes passagens: o anjo do Senhor avisando que Maria daria à luz a Jesus, o nascimento do menino, a fuga ao Egito, o ensino da profissão de carpinteiro ao filho e o início das pregações de Jesus no templo.

Teatro de Arena

Na Área 3, um dos primeiros espaços comunitários da PUC Goiás é o Teatro de Arena. Os prédios com tijolinho à vista fazem a margem do espaço. Rodeado de natureza e com bancos no estilo arena, o local é tradicionalmente ocupado por alunos de Arquitetura, Design e Engenharias e ainda é palco de apresentações e encontros importantes.